A DAMA DO NOVO SÉCULO

A DAMA DO NOVO SÉCULO

Fui buscar na memória e nos guardados. Evita Perón e Imelda Marcos foram as grandes damas perdulárias do século 20. Registra-se que a ex-primeira dama argentina tinha 1200 vestidos, 600 casacos de pele e 900 pares de sapatos. Já a ex-primeira dama filipina mantinha em seu guarda-roupa 3000 pares de sapatos, 200 cintas-ligas, 1000 meias-calças e 500 sutiãs, sendo um à prova de balas. Oficialmente não se sabe a origem do numerário para cobrir tamanha paixão por roupas e sapatos. Já para este início de século 21, tudo indica que a grande candidata a dama mais perdulária, por enquanto, chama-se Cláudia Cordeiro Cruz, ex-jornalista da Globo e mulher do correntista suíço Eduardo Cunha. Mesmo sem discriminar seus mimos, tem-se notícia de que a primeira dama da Câmara dos Deputados torrou R$ 1 milhão em sapatos e roupas, o que, certamente, se vivas fossem, deixaria Evita e Imelda com a pulga atrás da orelha. De acordo com a PGR, o grosso numerário de Cláudia teve origem em propinas recebidas pelo marido e depositadas em contas não declaradas na Suíça. A disputa neste século começa, portanto, com uma candidatura de peso.

(Com ilustração de Jack Cartoon)

Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Pin on Pinterest0Email this to someonePrint this page