DEFENESTREMOS OS GOLPISTAS OU FERREMO-NOS TODOS!

       Convivo com a sensação de que muita gente ainda não se deu conta das maldades que Temer e seus golpistas aos poucos nos enfiam goela abaixo. Vou pinçar apenas algumas. Sabem o SAMU, que foi implantado no Brasil pelo governo Lula? Sabem a Farmácia Popular, da mesma época, que vende medicamentos a preços simbólicos para quem é pobre e para quem não é? Ambos têm prazo de validade até agosto próximo, segundo o ministro golpista da saúde. Sabem o SUS, o velho SUS, que atende milhões de brasileiros e brasileiras mais pobres? Em lugar de aprimorar o sistema, o governo de Temer, o golpista, quer reduzir sua presença, propondo a criação de planos de saúde “populares”. Já imaginaram isso? Sabem o nosso Pré-sal, cujos recursos seriam destinados à área da educação? Os golpistas-entreguistas querem entregar de bandeja para os americanos. Sabem os recursos mínimos obrigatórios que eram investidos em educação e saúde? Temer e sua turma querem retirar essa obrigatoriedade. Sabem o pacote com projetos anticorrupção, que Dilma enviou ao Congresso e pediu urgência em sua apreciação? Temer, o interino usurpador, mandou retirar o caráter de urgência. Sabem o ministro-golpista da Fazenda do interino Temer, o tal do Meirelles? Ele falou que o governo Dilma “gastou” muito em educação. Sabem a jornada de trabalho, que é de 8h/dia? Os apoiadores golpistas de Temer querem aumentar para 12h/dia. E vejam, essas são apenas algumas das muitas conquistas sociais das quais brasileiras e brasileiros poderão ficar órfãos logo mais. Diante, pois, do tamanho da tragédia, ou desalojamos os golpistas com a máxima urgência ou nos ferraremos todos (o “todos” aqui não inclui, é claro, os ricos e poderosos. Esses são intocáveis aos olhos dos golpistas).
(Ilustração: A balsa da medusa, de Théodore Géricault)

Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Pin on Pinterest0Email this to someonePrint this page