O COMEÇO DO FIM

       Difícil fazer uma projeção da ruína do nosso País, na absurda hipótese de Temer, o traíra do Jaburu, e sua turma consolidarem o golpe. Dentre tantas outras pistas que apontam rumo à tragédia, veio à torna nesta semana a afirmação categórica do senhor Henrique Meireles de que Dilma “gastou muito com educação e saúde”. Duas breves leituras dessa agressão à inteligência e ao bom senso: 1a) Para o cúmplice de Temer, recursos para educação são “gastos” e não investimentos; 2a) para o mesmo cúmplice, é preciso “gastar” menos com educação e saúde, certamente por entender que já atingimos um padrão nessas áreas digno da Suíça ou da Finlândia. Por fim, desvela-se que Meireles não faz a mínima ideia do que seja o dia a dia da sobrevivência de milhares de escolas públicas pelo país afora. Ele ouviu o galo cantar, mas não sabe onde.

Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Pin on Pinterest0Email this to someonePrint this page