O EVANGELHO SEGUNDO FREI TITO

       Lendo o livro “Um homem torturado”, de Zeneide Duarte-Plon e Clarisse Meireles, sobre a vida e o suicídio de Frei Tito, depois de barbaramente torturado pelo sanguinário delegado Fleury, encontro essa pérola deixada por ele alguns dias antes do dia fatídico: “O Evangelho traz uma crítica radical da sociedade capitalista. Neste sentido, é revolucionário. Os temas da esperança, da pobreza, do messianismo, que são profundamente bíblicos, estão na fonte do movimento revolucionário. Eu aceito totalmente a posição de Camilo Torres. Não vejo realmente como ser cristão sem ser revolucionário”. Pena que Frei Tito não tenha sobrevivido pra conhecer o Papa Francisco, um revolucionário aos meus olhos.

Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Pin on Pinterest0Email this to someonePrint this page