É PRECISO ALIMENTAR A CRISE!

É PRECISO ALIMENTAR A CRISE!

       A ordem nas redações do velho e surrado oligopólio midiático parece ser sempre a mesma: não medir esforços para criar um clima de terror que mantenha em alta a baixa estima da população e insista na tecla de que o governo Dilma é um caso perdido. Portanto, é proibido veicular qualquer fato positivo. Se isso for inevitável, é preciso arrumar um jeito de contrapor a ele outro ou outros fatos que o desconstruam ou desqualifiquem. Afinal, é preciso manter a panela sob pressão, para justificar o golpe. Só pra ficar em dois exemplos recentes. Nesses dias, o IBGE anunciou que a renda per capita do brasileiro subiu em torno de 5% no ano passado. Com a crise terrível pintada cotidianamente pela velha mídia, não deixa de ser um acontecimento surpreendente. Mas é preciso sufocar essa notícia boa, para não dar trégua. E aí espalha-se a seguinte manchete: “Renda do brasileiro em 2015 sob, MAS alta não cobre a inflação”. Pronto! Cumprida a ordem dos patrões. Na mesma linha e no mesmo dia, veio a confortável notícia de que as contas do Governo Federal melhoraram em janeiro e tiveram um superávit de R$ 27,9 bilhões. Mais um acontecimento que, no meio de tantas notícias negativamente plantadas, mereceria ser recebido com algum otimismo. Nada disso! É imperioso matar no nascedouro mais esse bom acontecimento. O governo e o País que se ferrem! Aí a turma do quanto pior melhor se sai com a seguinte manchete: “Contas do governo federal melhoram, MAS estados e municípios têm piora”. Se uma dessas situações fosse um caso isolado, seria razoável atribuir a um estado de espírito circunstancial do mancheteiro. Mas a recorrência (as duas manchetes apareceram no mesmo dia no portal dos Frias, da Folha de S. Paulo) denuncia tratar-se de uma estratégia cuidadosamente orquestrada. Por essas e tantas e tantas outras, estou convencido de que a mídia brasileira, com raríssimas exceções, representa o que há de mais nefasto na história de nosso País. Enquanto o oligopólio não for desmontado, o Brasil viverá como uma republiqueta nas mãos desses barões.

Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Pin on Pinterest0Email this to someonePrint this page