O PAPEL CRIMINOSO DA MÍDIA

Soube-se apenas pelas redes sociais e blogs alternativos. O MPF definiu que Dilma Rousseff não cometeu crime de responsabilidade com as tais “pedaladas fiscais”. Mandou arquivar o processo. Portanto o “impítman” é golpe desavergonhado. Mas a chamada velha mídia nenhum destaque deu ao fato. Isso comprova sua cumplicidade com o golpe. E, na medida em que deixa de noticiar fato de tamanha relevância, a envolver o voto de 54 milhões de brasileiros e brasileiras, comete crime contra o direito à informação. O que esperar, entretanto, de uma banda podre da mídia que apoiou o golpe de 64? É só mais um apoio a um outro golpe.

Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Pin on Pinterest0Email this to someonePrint this page